Os Dez Mandamentos, um “sim” a Deus

24/01/2016

Regras, normas, leis, sinais a serem seguidos… São os termos usados ao se referir ao intuito, na medida em que você tenha um indicador a seguir, de evitar que você cometa erros que o afastem do plano de Deus. Os dez mandamentos não visam somente o melhoramento do comportamento individual, mas sim da sociedade, para ser um povo livre e fraterno.

Entenda:

1- Amar a Deus sobre todas as coisas
Este primeiro mandamento convida o homem a crer em Deus, a esperar nele e amá-lo acima de tudo

2- Não tomar seu santo nome em vão
O segundo mandamento exige respeito ao nome do Senhor e proíbe todo uso impróprio do nome de Deus. A blasfêmia consiste em usar o nome de Deus, de Jesus Cristo, da Virgem Maria e dos Santos de maneira injuriosa.

3- Guardar domingos e festas
A igreja celebra o dia da Ressurreição de Cristo no sétimo dia, que é corretamente chamado dia do Senhor, ou domingo. No domingo e em outros duas de festa de preceito, os fiéis têm a obrigação de participar da missa, evitando as atividades e negócios que impeçam o culto a ser prestado a Deus, a alegria própria do dia do Senhor e o devido descanso da mente e do corpo.

4- Honrar pai e mãe
De acordo com o quarto mandamento, Deus quis que, depois dele, honrássemos nossos pais e os que ele, para nosso bem, investiu de autoridade.
Os pais são os primeiros responsáveis pela educação de seus filhos na fé, na oração e em todas as virtudes. Têm o dever de prover em toda a medida do possível as necessidades físicas e espirituais de seus filhos.

5- Não matar
Toda vida humana, desde o momento da concepção até a morte, é sagrada porque a pessoa humana foi criada por si mesma a imagem e a semelhança do Deus vivo e santo. A vida humana é sagrada porque desde a sua origem ela encerra a ação criadora de Deus, e permanece para sempre numa relação especial com o Criador, seu único fim.

6- Não pecar contra a castidade
Ao criar o ser humano homem e mulher, Deus dá a sua dignidade pessoal de uma maneira igual a um e outro. Cada um, homem e mulher, deve chegar a reconhecer e aceitar sua identidade sexual. Cristo é o modelo de castidade. Todo batizado é chamado a levar uma vida casta, cada um segundo seu estado de vida próprio.

7- Não furtar
O sétimo mandamento prescreve a prática da injustiça dos bens terrenos e frutos do trabalho dos homens. A proibição do furto. A injustiça cometida exige reparação.

8- Não levantar falso testemunho
A verdade é a virtude que consiste em mostra-se verdadeiro no agir e no falar, fugindo da duplicidade, simulação e da hipocrisia.

9- Não desejar a mulher do próximo
O nono mandamento adverte contra a cobiça ou concupiscência carnal.

10- Não cobiçar as coisas alheias
O último mandamento, proíbe a ambição desregrada, a inveja. A inveja é a tristeza sentida diante do bem de outro e o desejo imoderado de dele se apropriar.

Estude e pratique!

1 comentário até o momento

Inicie uma conversação
  1. Geraldo Ribeiro
    #1 Geraldo Ribeiro 17 agosto, 2016, 08:45

    Amar o teu próximo como a ti mesmo, faz parte dos mandamentos de Deus?

    Responda este comentário

Seus dados estarão seguros!Seu endereço de e-mail não será publicado. Nenhuma informação será compartilhada com terceiros.