Santo Católico

Sábado da Vigília ou Sábado de Aleluia

Publicado em: , , , ,

Sábado da Vigília ou Sábado de AleluiaSábado Santo

Significado do Sábado da Vigília ou Sábado de Aleluia

Na tradição católica, é costume os altares serem descomposto, pois, tal como na Sexta-Feira Santa, não se celebra a Eucaristia. As únicas celebrações são as que fazem parte da Liturgia das Horas.

Além da eucaristia, é proibido celebrar qualquer outro sacramento, excepto o da confissão. São permitidas exéquias, mas sem celebração de missa. A distribuição a comunhão eucarística só é permitida sob a forma de viático, isto é, em caso de morte.

No Sábado Santo, com a chegada da noite, entramos no coração das celebrações da Semana Santa! É a hora da Grande Vigília, a Vigília Pascal, que Santo Agostinho chamava a Mãe de todas as Vigílias!

Somos uma Igreja Pascal, por isso  umas das maiores celebrações da nossa Igreja Católica é a Festa da Páscoa.

A Liturgia da Vigília Pascal, riquíssima, divide-se em quatro partes:

1 - A Liturgia da Luz: durante a qual se acende o Círio Pascal e a Benção do Fogo, que simbolizam o Cristo morto e ressuscitado;

2 - Liturgia da Palavra: com cinco leituras de trechos do Antigo Testamento, intercalados de salmos e orações, através dos quais a Igreja medita sobre os actos poderosos de Deus na história da salvação da humanidade;

3 - Liturgia Batismal: recorda-se que, desde os primeiros séculos da Igreja, o Baptismo esteve sempre intimamente ligado à Páscoa. Os catecúmenos recebem sacramentalmente as graças da Morte e da Ressurreição de Cristo, quando toda a Igreja celebra o memorial desses actos redentores. E é naturalmente a melhor das ocasiões para toda a congregação cristã renovar os seus próprios votos baptismais;

4 - Liturgia Eucarística: somos sacramentalmente reunidos a Cristo vivo e ressuscitado, fazendo nossa a Páscoa do Senhor. É o climax natural da Liturgia Pascal. Salvo por fortes razões, não deve ser omitida e terá lugar sempre depois da meia-noite.

Conheça a história dos outros dias da Semana Santa:

Domingo de Ramos,Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira, Quinta-feira, Sexta-feira, Domingo de Páscoa.

|