Salmos: conheça esta forma de orar e meditar

05/10/2015

Por várias vezes, comentamos aqui no nosso portal sobre a importância e o poder da oração. Rezar, conversar com Deus, abrindo nosso coração por meio de orações prontas ou simplesmente falando com nossas próprias palavras. Pois este também pode ser um momento de louvação, de adoração através de hinos marcados pelos Salmos.

Os Salmos estão presentes na Bíblia e significam Livro de Louvores. Quando foram escritas, o objetivo maior dessas orações era expressar o louvor e a adoração a Deus nos templos. Os salmos acabaram sendo musicalizados e refletem inúmeros valores importantes para a vida dos homens, como a bondade, o arrependimento, o perdão. Por isso, podem e devem ser lidos e refletidos no cotidiano das pessoas, como forma de aconselhamento, entendimento, conforto e inspiração perante os acontecimentos da vida.

Um dos salmos mais conhecidos é o 91. Veja o trecho que vai do versículo 1 ao 7:

“Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e descansa à sombra do Todo-poderoso
pode dizer ao Senhor: Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.
Ele o livrará do laço do caçador e do veneno mortal.
Ele o cobrirá com as suas penas, e sob as suas asas você encontrará refúgio; a fidelidade dele será o seu escudo protetor.

 

Você não temerá o pavor da noite, nem a flecha que voa de dia,
nem a peste que se move sorrateira nas trevas, nem a praga que devasta ao meio-dia.
Mil poderão cair ao seu lado, dez mil à sua direita, mas nada o atingirá.”

Aproveite este momento para meditar e leia na Bíblia alguns dos salmos a seguir:

  • sobre a bondade: 1, 19, 24, 133, 136 e 139
  • que nos levam à presença de Deus: 29, 96 e 100
  • para momentos de dificuldades: 3, 14, 22

Nenhum comentário até o momento

Inicie uma conversação

Nenhum comentário ainda

Você pode ser o primeiro a iniciar uma conversação.

Seus dados estarão seguros!Seu endereço de e-mail não será publicado. Nenhuma informação será compartilhada com terceiros.