Santo Católico

São Gregório Magno

Publicado em: , , , ,

São Gregório MagnoDia 03 de setembro

História: De família nobre, ainda muito jovem foi primeiro ministro do governo de Roma.

Grande admirador de São Bento, investiu tudo o que possuía na construção e manutenção de mosteiros.

Porém, pouco tempo pode visitar os mosteiros porque o papa Pelágio o enviou como Núncio apostólico em Constantinopla onde permaneceu até o ano 585.

No ano 590 foi eleito Papa até 604 e foi um dos maiores papas que a Igreja já teve.

Consideravam-no modelo perfeito de como se governa a Igreja, portador de todas as qualidades de um homem de governo, com seu senso de dever, medida e dignidade.

Entre muitas outras realizações, Gregório reformou o Clero, a liturgia romana, empenhou-se pela conversão da Inglaterra, fundou uma escola de canto sacro que influenciou toda a Europa, nela propagando o que ficou sendo conhecido como Canto Gregoriano.

Combateu eficazmente as muitas heresias que grassavam na Europa, na África e no Oriente; combateu com firmeza a prepotência do patriarca de Constantinopla, o qual, apoiado pelo imperador bizantino, contestava o Primado de Roma.

Com pouca saúde em seus 14 anos de seu pontificado, não abandonou porém, os estudos teológicos e místicos, e escreveu diversas obras de espiritualidade que tiveram e ainda têm grande influência. Encontramos 848 de suas cartas, e muitas de suas homilias.

Grande influência exerceram seus escritos: Vida de São Bento e Regra Pastoral, ainda hoje muito requisitado. É considerado o último dos Papas do antigo Império Romano e o primeiro dos Papas medievais.

Enfrentou a peste e a fome em Roma, bem como a devastação produzida pelos invasores Lombardos que assediaram a cidade e só foram contidos graças à diplomacia do Pontífice.

Oração de São Gregório Magno: Dos anglos outrora apóstolo, dos anjos agora irmãos, à grei que a Igreja congrega estende, Gregório, a mão. Calcando riqueza e glória, do mundo o falso esplendor, tu, pobre, seguiste o Pobre de toda a terra Senhor. Supremo Pastor, o Cristo, confia-te a sua grei: de Pedro recebe o cargo quem segue, de Pedro, a lei. Da Bíblia com seus mistérios descobres a solução: a própria Verdade te ergue à luz da contemplação. De todos os servos, servo, da Igreja papa e doutor, não deixeis os que te seguem nas garras do tentador. Por ti os mais belos cânticos puderam vir até nós; em honra ao Deus uno e trino, ergamos, juntos, a voz.

Devoção: Combate as heresias, à conversão dos pagão e a São Bento.

Padroeiro: Dos Monges

Outros Santos do dia: Sândalo, Basilisa, Serápia, Eufêmia, Dorotéia, Tecla, Erasm (vgs); Aristeu (bispo); Antonino, Aigulfo (ab.); Zenão, Caritão (Márts); Mansueto, Auxano (bispo); Simeão, Estilita o jovem, Ildelita (ab.); Febe e Teotisto (monge).

|