Artigos Católicos - Loja Virtual

São Raimundo Nonato Abúndio

Publicado em: , , , ,

São Raimundo Nonato AbúndioDia 21 de agosto

História: Nonato, significa não nascido, porque foi retirado do ventre de sua mãe já morta.

Nascido de família pobre, foi pastor de rebanhos quando menino. Quando jovem, foi a Barcelona e entrou na, ou mercedários, fundada por São Pedro Nolasco, passando a dedicar toda sua vida à libertação dos escravos: chegou até a entregar-se como um deles na Argélia (África) em 1226, com o objetivo de animar os prisioneiros a trabalhar pela libertação.

Com essa atitude, São Raimundo a muitos incomodou, desencadeando diversas perseguições. Para impedir que continuasse denunciando as injustiças e pregando o Evangelho da Libertação, seus perseguidores furaram-lhe os lábios e trancaram com um cadeado.

Depois de resgatado, foi proclamado cardeal e conselheiro particular pelo papa Gregório IX, e acabou por falecer com a saúde arruinada em 1240.

Pela sua difícil vinda ao mundo, é invocado como o protetor das parteiras. Seu culto estendeu-se popularmente na Espanha e na América espanhola.

Oração de São Raimundo Nonato Abúndio: Deus, nosso Pai, com o testemunho vivo, sincero e autenticamente evangélico de sua vida, São Raimundo honrou e dignificou o nome daquele que é o Senhor da Vida e deseja que todos os homens sejam respeitados na sua liberdade e dignidade humana. Fazei que também nós sigamos o exemplo de São Raimundo Nonato, colocando-nos de corpo e alma na defesa da vida, na luta por melhores condições de trabalho, pelos direitos inalienáveis da pessoa humana, criada à imagem e à semelhança de Deus. Que saibamos, nós também, denunciar e anunciar o vosso Evangelho de Libertação e de Esperança, o vosso Reino onde não haja senhores nem escravos, mas todos sejam irmãos e filhos de um mesmo Pai, que sois vós.

Devoção: Libertação dos Escravos, pregação dos santos Evangelhos

Padroeiro: Das parteiras e empregados muito mau tratados

Outros Santos do dia: Adolfo, Agnofelda, Albertino, Arídtides, Marciano, Anolfo, Belmundo (ab); Cesídio (mr); Cutburga (ab); Diácomo, João, Lázaro (ab); Leonardo, Optato, Quemburga (ab); Teódoto, Rufina e Amnia, Domingos del Val (mrs).

|