Santo Católico

São Basílio

Publicado em: , , , ,

São BasílioDia 14 de junho

História: Doutor da Igreja, pertenceu à uma família de santos. Seu avô faleceu mártir em uma perseguição. Sua avó foi Santa Macrina; sua mãe, Santa Amélia e a irmã também foi santa.

Seus irmãos foram São Pedro, bispo de Sebaste e São Gregório Niceno. Seu melhor amigo São Gregório Nacianceno. Ao ver que seu irmã Santa Macrina havia fundado um mosteiro de monjas e que estas progrediam muito em santidade, Basílio foi para Egito para aprender com os monges do deserto, a maneira de viver em solidão.

Ao retornar, fez-se monge e redigiu suas famosas “Constituições” que são a primeira Regra de vida escrita para os religiosos. Nelas ensina como viver em oração, estudo, boas leituras e trabalhos manuais em um mosteiro e como fazer-se santo na vida religiosa.

Nessas “Constituições” têm se baseado os mais famosos fundadores de Comunidades para redigir os Regulamentos de suas Congregações. Basílio foi eleito Arcebispo de Cesárea, e do delegado do governo que quis fazê-lo renegar sua fé.

Vários haviam renegado por medo. Porém nosso santo se manteve firme, disposto a tudo para defender sua fé. Por sua oratória maravilhosa, por seus admiráveis escritos e pelas muitíssimas obras que fez em favor do povo, foi chamado de “Basílio o Grande”.

São Gregório dizia: “Cada vez que leio um escrito de Basílio, sinto que o Espírito Santo transforma minha alma”. Seus escritos têm o que se chama “Unção”. Além de sua arrebatadora eloqüência, Basílio tinha uma assombrosa atividade em favor dos necessitados.

Foi o primeiro a edificar por ali um Hospital para pobres e um asilo para velhos. Estudou muito a Bíblia, especializou-se em filosofia e literatura. Conservam-se cerca de 365 cartas suas, maravilhosas e de proveitosa leitura para a alma. Todos seus escritos e seus sermões tem por fim fazer com que as pessoas ame mais a Deus e se tornem mais santa. Por isso é considerado como o primeiro escritor ascético do oriente. Uma de suas frases; Tudo é instável para que amemos as coisas estáveis”.

Oração de São Basílio: Deus, nosso Pai, enriquecestes a Igreja e deste-nos em São Basílio um exemplo de que a vossa Palavra é vida e luz para nossos corações. Que ela frutifique também em nós obras agradáveis aos vossos olhos; o serviço sincero e gratuito aos necessitados. Por sua intercessão, sejamos dignos da vocação a que fomos chamados, e tudo façamos para que o vosso Reino de justiça se dilate no meio dos homens. E, assim, os que virem nossas boas obras possam louvar e confessar o vosso santo Nome. Permaneçamos sempre abertos ao Espírito para cumprir a vossa vontade agora e sempre. Amém!

Devoção: Às santas regras para o caminho da disciplina que leva à santidade

Padroeiro: Dos fundadores

Outros Santos do dia: Fernando de Portugal (virgem e mártir); Metódio, Etério, Quinciano, Gerásimo (confs); Eliseu Iprofeta); Marciano, Fortunato, Gervoldo, Anastácio (bispos); Felix (monge), Digna (virgem); Valério e Rufino (mártires); Ricardo (abade).

São Gregório VII

Publicado em: , , , ,

São Gregório VIIDia 25 de maio

História: Nascido de uma família pobre, chamava-se Hildebrando. São Gregório VII foi monge beneditino e fez um estágio no famoso Mosteiro de Cluny, do qual era Abade, São Hugo.

Foi colaborador do Papa São Leão IX e mais tarde ascendeu ao trono pontifício, no qual desenvolveu um grande plano de reformas, para revigorar o fervor e a disciplina da Igreja e para defendê-la contra as ingerências do poder civil.

Ao ser eleito papa, tomou o nome de Gregório VII, em 30 de junho de 1073 a 25 de maio de 1085. Enfrentou com grande coragem e firmeza o imperador alemão Henrique IV e sofreu perseguições, não sendo poupado pela calúnia.

Em 1075 São Gregório VII escrevia ao amigo São Hugo, abade de Cluny: “Estou cercado de uma grande dor e de uma tristeza universal, porque a Igreja Oriental deserta da fé; e se olho das partes do Ocidente, ou meridional, ou setentrional, com muito custo encontro bispos legítimos pela eleição e pela vida, que dirijam o povo cristão por amor de Cristo, e não por ambição secular”.

Esta decadência era conseqüência direta das investiduras, que consistiam no ato jurídico pelo qual o rei ou nobre confiava a uma autoridade eclesiástica um cargo da Igreja com jurisdição sobre um território.

Em virtude do sistema feudal, os eclesiásticos eram obrigados a prestar juramento de fidelidade ao rei ou aos nobres. O símbolo desta luta foi a humilhação a que se obrigou Henrique IV, imperador da Alemanha, e para que o Papa lhe retirasse a pena de excomunhão, apresentou-se ao Pontífice vestido de saco, descalço, com uma corda no pescoço e ajoelhou-se diante dele.

A luta não terminou ali. Henrique IV vingou-se. Fez-se coroar por um antipapa e marchou contra Roma. Abandonado por todos, até pelos cardeais, São Gregório morreu no exílio, pronunciando as célebres palavras: Amei a justiça e odiei a iniqüidade, e por isso morro no exílio.

Morreu fora de Roma, pronunciando a célebre frase: “Amei a justiça e odiei a iniqüidade; por isso morro no exílio”. É sem dúvida um dos maiores Papas de toda a História da Igreja.

Oração de São Gregório VII: Meu Senhor, pelos méritos do Santo papa Gregório VII, eu Vos peço maior fidelidade à Vossa Doutrina e aos Vossos ensinamentos. Peço-Vos perdão pelas vezes em que não colaborei na construção de uma Igreja mais unida e fraterna. Rogo a Virgem Maria, Mãe da Igreja, que interceda por mim junto a Vós, para que meu testemunho seja verdadeiramente cristão. Assim seja. São Gregório VII, rogai por nós.

Devoção: À propagação da fé

Padroeiro: Das reformas da Igreja

Outros Santos do dia: São Beda (presb); Urbano, Bonifácio IV( Papas); Maria Madalena de Pazzi, (virgem); Madalena Sofia (fund); Besmes, Dionício, Zenóbio (bispos); Pasícrates, Valêncio, Máximo, Venerando (mártires); Vicenta (fund); Ema (abadessa).

|