Santo Antonio Maria Zacaria

Dia 05 de julho

História: São Antonio foi fundador dos Clérigos Regulares de São Paulo e desde criança mostrou uma grande compaixão pelos pobres.

Ao terminar seu curso de Medicina, na Universidade de Pádua, o santo de 22 anos compreendeu que sua vocação consistia em cuidar tanto das almas como dos corpos e consagrou-se seriamente ao estudo da teologia, sem deixar de exercer sua profissão: a de ajudar espiritualmente aos moribundos, ensinar a doutrina cristã aos jovens e servir a todos.

Em 1528 sagrou-se sacerdote e seguiu para Milão onde ingressou na confraria da “Eterna Sabedoria”. Em 1530, o Pe. Zaccaria e outros dois sacerdotes, Bartolomé Ferrari e Jacobo Morigia, decidiram edificar uma associação de clérigos regulares, ou seja, sacerdotes obrigados com voto a seguir uma regra, porém que não eram frades nem monges, cujo objetivo era reviver e reavivar a adoração ao Santíssimo Sacramento, promoção da vida cristã em família, o amor pelos ofícios litúrgicos e promover a vida cristã mediante a pregação e a administração dos Sacramentos.

Seus seguidores são conhecidos como “os Barnabitas” (porque a associação de santo Antonio Maria ficava ao lado da Igreja chamada São Barnabé) e continuam a mensagem do santo italiano, através de palestras, instituições de ensino, multiplicando suas palavras.

Quando Lutero atacava as verdades da fé e as iniqüidades do clero, a associação do Pe. Zaccaria trabalhava heroicamente por reformar a Igreja em seu interior, reavivando o espírito cristão e o zelo para com as almas do clero e administrando os sacramentos aos fiéis.

O Papa Clemente VII aprovou, em 1533, a nova congregação de Clérigos Regulares de São Paulo. Um ano antes de sua morte, São Antonio obteve para sua congregação a igreja de São Barnabé, em Milão. Foi canonizado em 1897 pelo Papa Leão XIII.

Oração do Santo Antonio Maria Zacaria: Deus, nosso Pai, Santo Antônio Maria encontrou na eucaristia o sustento para seu trabalho apostólico. Jesus, vosso Filho, é o Pão da Vida e a Água Viva. Ele é vossa presença viva no meio de nós, mediante o sacramento da Eucaristia. Senhor, somente vós, o Pão Vivo que desceu do céu, podeis saciar totalmente a sede que o homem tem de realização plena de si mesmo. Fazei que também nós nos tornemos “o pão da vida” para aqueles que conocco convivem. Em primeiro lugar, para nossos familiares, parentes e amigos. Mediante o trabalho de nossas mãos e partilha dos dons gratuitamente recebidos, tornemo-nos “Eucaristia” – corpo doado e sangue derramado. E assim participemos pela fé desse sublime sacramento de amor, da vida divina, que outra coisa não é que nossa comunhão convosco e com nossos irmãos, em Jesus Cristo. Amém.

Devoção: Ao cuidado dos pobres, tanto materiais quanto espirituais

Padroeiro: –

Outros Santos do dia: São Bonifácio (padroeiro da Alemanha); Antonio M. Zacaria (presb); Agatão e Trifina, Asteio, Atanásio, Basílio e comp.); Ciprila, Aroa e Lúcia, Domício, Doutrino, Filomena, João e Simeão, Nemeriano (bispo); Marta, Probo e Graça, Estevão, Tomé, Trófina, Valério e Zoé (márts.).

oracoes e santos