São José Calasanz

Dia 25 de agosto

História: São José Calasanz ordenou-se sacerdote aos 28 anos, em sua terra natal, e depois foi para onde começou sua grande dedicação à educação de crianças pobres. Fundou a primeira escola em 1597, a qual, em 1621, deu origem à congregação dos Clérigos Pobres da Mãe de Deus.

Tal fundação logo se difundiu por todo o mundo, chegando a Itália, a Alemanha, a Boêmia e a Polônia. A grande provação de sua vida foi quando, por inveja, seus próprios co-irmãos o acusaram de incapacidade de governar a sua congregação.

São José Calasanz então, foi obrigado a ver sua obra esfacelar-se, e seu lugar foi substituído por um visitador, uma espécie de interventor da Santa Sé. Mesmo assim, manteve-se confiante em Deus, conseguindo fazer com que sua obra ressurgisse das cinzas. São José Calasanz morreu aos 90 anos, em 1648, e somente oito anos depois seu Instituto foi aprovado pelo papa Alexandre VI.

Oração de São José Calasanz: Deus, nosso Pai, São José Calasanz dedicou a sua vida em favor das crianças carentes e maginalizadas de seu tempo. Ainda hoje esta chaga continua sangrando não somente em nossas grandes metrópoles, mas também nos campos e nos lugares mais afastados. Vítimas da fome, a miséria, a violência dos adultos, das contradições humanas, milhões e milhões de crianças, espezinhadas em seus mais fundamentais direitos, perdem-se nessa travessia de vida sem nunca chegar. São tragadas por este mundo que de nós, adultos inconseqüentes, herdaram. Elas clamam pelo pão que mata a fome, o pão a educação, do amor, da ternura e do afeto, da participação, de uma vida digna e humana, o pão da justiça e da verdade.

Devoção: Dedicação às crianças pobres

Padroeiro: Das escolas públicas

Outros santos do dia: Luíz (rei); Nemésio (diác.); Eusébio, Vicente, Ginês, Magin, Ponciano, peregrino, Julião (Márts.); Gerôncio, Gregório, Menos (bispo); Patrícia e Lucila (Virgem); Amaldo e Tomé (cfs). São Genésio, o ator (padroeiro dos comediantes).

oracoes e santos