São Pedro de Alcântara

Dia 20 de outubro

História: Realizou em sua Ordem uma reforma semelhante a de São João da Cruz e Santa Teresa d’Ávila entre os carmelitas.

Rigorosíssimo no espírito de pobreza e mortificação, deu nova vida à então decadente espiritualidade franciscana. Usava um hábito velho e surrado, andava descalço, carregando consigo uma Bíblia e um cajado.

Dormia apenas duas horas por noite, comia somente um dia, um dia não, e colocava cinza sobre a comida para não sentir nenhum prazer no alimento. Pregou na Espanha e em Portugal.

Assistiu as horas derradeiras do piedoso rei D. João III, de Portugal, e respondeu a muitas consultas do imperador Carlos V e op rei de Portugal, D. João III.

Ao de morrer, ardendo em febre, recusou um copo de água que lhe ofereciam lembrando-se de que Jesus Cristo também sofrera sede. Pouco depois expirou e, Santa Teresa, de quem tinha sido amigo e confidente, teve uma visão de sua alma subindo ao Céu.

É o santo padroeiro principal do Brasil, junto a Nossa Senhora Aparecida. A Família Real portuguesa e a Imperial brasileira sempre tiveram grande devoção por esse Santo admirável, tanto que o imperador D. Pedro II recebeu o nome de Pedro de Alcântara em homenagem a ele.

Oração de São Pedro de Alcântara: Ó grande amante da Cruz e servo fiel do divino Crucificado, São Pedro de Alcântara; à vossa poderosa proteção foi confiada a nossa querida Pátria brasileira com todos os seus habitantes. Como Varão de admirável penitência e altíssima contemplação, alcançai aos vossos devotos estes dons tão necessários à salvação. Livrai o Brasil dos flagelos da peste, fome e guerra e de todo mal. Restituí à Terra de Santa Cruz a união da fé e o verdadeiro fervor nas práticas da religião. De modo particular, vos recomendamos, excelso Padroeiro do Brasil, aqueles que nos foram dados por guias e mestres: os padres e religiosos.

Implorai numerosas e boas vocações para o nosso país. Inspirai aos pais de família uma santa reverência a fim de educarem os filhos no temor de Deus não se negando a dar ao altar o filho que Nosso Senhor escolher para seu sagrado ministério. Assisti, ó grande reformador da vida religiosa, aos sacerdotes e missionários nos múltiplos perigos de que esta vida está repleta. Conseguí-lhes a graça da perseverança na sublime vocação e na árdua tarefa que por vontade divina assumiram. Lá dos céus onde triunfais, abençoai aos milhares de vossos protegidos e fazei-nos um dia cantar convosco a glória de Deus na bem-aventurança eterna. Assim seja.

Novena de São Pedro de Alcântara:

Oração Inicial
Deus e Senhor nosso, que nos dais, em vossos santos, admiráveis exemplos de virtudes, e que, no bem-aventurado São Pedro de Alcântara, nos apresentais um modelo acabado de oração, de humildade, de penitência e de caridade ardente: Fazei que copiemos, em nosso coração, tão eximias virtudes, e que apenas na cruz e na mortificação, que são chaves do céu, ponhamos, como São Pedro, nossas maiores complacências. Amém.

Rezar a oração do dia que corresponda:
Primeiro Dia
Glorioso São Pedro de Alcântara, que, sentindo, em vossa alma, uma grande fome de céu, soubeste renunciar a todas as riquezas e prazeres do mundo: dai-nos força e decisão para apartar de nós tudo quanto impede nossa futura salvação. Amém.

Segundo Dia
Admirável São Pedro de alcântara, que, esforçando-vos dia após dia, fostes lavrando, em vossa alma, a efigie de uma grande santidade: ensinai-nos a sermos verdadeiros santos, levando uma vida fervorosa e sem mancha. Amém.

Terceiro Dia
Penitentíssimo São Pedro de Alcântara, vós, que tiveste sempre a convicção de que, sem mortificação, ninguem se vê livre de pecados; esforça nosso ánimo, para que consigamos imitar vossos rigores e penitencias. Amém.

Quarto Dia
Piedosíssimo São Pedro de Alcântara, cujos fervores na oração vos arrastaram centenas de vezes ao extase e aos arrebatamentos: aquece nossa alma em vosso fervor e ajudai-nos na fidelidade a Deus. Amém.

Quinto Dia
Caridoso São Pedro de Alcântara, tão solicito sempre pelas necessidades do corpo e alma de vossos próximos; fazei-nos ver que, sem caridade, não seremos discípulos de Cristo nem poderemos entrar no céu. Amém.

Sexto Dia
Santo benfeitor, São Pedro de Alcântara, que iniciastes a grande Reforma da Ordem Franciscana començando por reformar a fundo a própria vida: fazei que examinemos nossa conciencia, para começar ali a reforma que ansiamos ver no mundo. Amém.

Sétimo Dia
Fervoroso São Pedro de Alcântara, que entraste como franciscano em um convento colocando sob o patrocinio da Santa Mãe de Deus, e designaste com títulos marianos os conventos por vós fundados: Contagiai-nos vosso filial e decisivo amor a Virgem, nossa Mãe. Amém.

Oitavo Dia
Esforçado discípulo da Santa Cruz, São Pedro de Alcântara, que soubeste cravar-vos nela cada dia de vossa vida: fazei que percamos o medo da cruz, e descubramos, em nossas dores, as imagens dessa cruz que beijamos com devoção. Amém.

Nono Dia
Bendito São Pedro de Alcântara, filho insigne da Mãe Igreja, e hoje exemplo e glória dos católicos: infundi em nós um vivo e prático amor a Igreja de Jesus Cristo, arca de nossa salvação. Amém.

Oraçôes Finais para todos os dias
Rezar um Pai-Nosso, Ave-Maria e glória. Pede-se a graça que se deseja alcançar com a novena.

Concluir com o responsório e a oração final.
Responsório.
Soberano Redentor, / a quem Pedro serviu fiel / todo o tempo de sua vida, de modo que detida / foi vossa ira por ele:
Fazei, Deus meu, o favor de que seja concedida / nossa súplica rendida por seu mérito e vosso amor.
Pois, Senhor, desteis palavra cumprida / de que, o que em seu nome peça, vos teria por devedor:
Fazei, Deus meu, o favor de que seja concedida / nossa súplica rendida / por seu mérito e vosso amor. / rogai, Pedro, por nós a divina Bondade, para que assim consigamos sua soberana Pedade. Amém.

Oração final
Onipotente e sempre eterno Deus, que, por vossos santos, vos dignas fazer sempre maravilhas: vos rogamos humildemente que, assim como tens prometido escutar, misericordioso, os rogos dos que vos implorem por meio de São Pedro de Alcântara, assim atendas agora, pelos méritos do mesmo, as súplicas que vos fazemos, e derrames, sobre nós, o saudável rocío de vossa benção, para que, livres de todo mal, mereçamos chegar felizmente ao porto de vossa misericórdia.
Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

Devoção: A reforma, para a reintegração dos autênticos valores da fé cristã.

Padroeiro: Do Brasil

Outros Santos do dia: Santa Maria Bertilla Boscardin, Aca (bispo); Agrícola, Artêmio, Basílio (bispo); Brandão e Aurora, Caprásio (mátrs); Daniel (monge); Edana, Eutíquio (márts); Feliciano (Márts); Laura (vem.); Fintão, Irene (márts); Mauronto, Sindulfo, Sonácio e Vidal (bispo); Adelina (ab); Contardo Femini (dr).

oracoes e santos