São Pedro Donders

Sao_Pedro_DondersDia 14 de Janeiro

História: Filho de Arnold e de Petronila van den Brekel. Profundamente impressionado pelas lições do apóstolo Paulo (Hb 5,1) ordenou-se sacerdote aos 32 anos de idade em Oogstgeest, deixou sua pátria e trabalhou apostolicamente por quase 45 anos na Guiana Holandesa.

Quando o vicariato apostólico da Guiana Holandesa foi confiado aos redentoristas que queriam se ocupar das almas mais abandonadas, são Pedro Donders pediu para ser admitido entre eles, em 27 de junho de 1867.

Emitiu os votos perpétuos, tornando assim, definitivamente mais um dos filhos de Santo Afonso. Logo depois retornou para o meio dos leprosos entre os quais trabalhou com a maior dedicação até 1856. Além dos leprosos, ocupou-se dos índios e negros escravos e não escravos.

O seu primeiro livro intitulou-se “Novo Apóstolo dos negros, dos índios e dos leprosos” São Pedro Donders naturalmente também se ocupou dos brancos em seus serviços sacerdotais. De 1842 a 1856 trabalhou na capital Paramaribo e de 1883 a 1885 em Corronie, na costa.

Oração: –

Devoção: Pelos escritos de São Paulo, pelas almas mais necessitadas

Padroeiro: Das almas mais abandonadas

Outros Santos: Félix (presb); Eufrásio, Dácio, Fulgêncio, Sabas (bispo); Malaquias (profeta); Macrina (conf); Prisco, Prisciliano, Benedita (mártires); Estevão (abade); Engelmaro (mártires).